logo
Bem-vindo! Para ver todas as funcionalidades deve Entrar or Registrar.

Notification

Icon
Error

Novo Tópico Publicar Resposta
Opções
Ir para a última participação Ir para o primeiro não lido
admin  
#1 Enviado : terça-feira, 30 de maio de 2017 10:11:15(UTC)
Retweet Citação
admin

Classificação: Administration

Reputação:

Grupos: Administrators
Desde: 13-01-2015(UTC)
Envios: 124

Foi agradecido: 6 vez(es) em 6 post(s)

2.O que falta fazer para uma efetiva aproximação entre a academia e os agricultores?

Ao longo de toda a minha vida profissional, a ligação que tenho mantido com o setor agrícola tem acontecido por três vias (excecionando o período de 2 anos em que assumi funções governativas): uma ligação que mantenho desde o início (1987) à Academia (através do Instituto Superior de Agronomia, onde leciono), uma ligação que mantenho desde 1989 à Agro.Ges, que me tem permitido, através da atividade de consultoria, contactar com o lado empresarial da agricultura e, finalmente, uma ligação mais recente (e intermitente) à produção agrícola, enquanto responsável por uma exploração e colaborador numa Organização de Produtores.

Este posicionamento tem-me permitido desenvolver uma visão relativamente crítica em relação à forma como a Academia se posiciona face à “economia real”. E o que constato é que se deu uma evolução caraterizada por uma certa bipolaridade: se é verdade que uma parte da Academia fez um percurso corajoso de aproximação às empresas (e isso é inegável), procurando nela as perguntas e problemas para os quais são necessárias respostas e soluções, é igualmente verdade que uma outra parte se manteve temerosamente afastada. Este afastamento torna-se ainda mais evidente pelo contraste com a postura daqueles que têm procurado estreitar esta relação. Mas o balanço é extremamente positivo.

Numa palavra, penso que o que falta, na sequência do que de bom se tem vindo a fazer nesta matéria, é que as universidadesinvadam” as empresas e vice-versa. Não basta a comunicação. É necessário, cada vez mais, a partilha de momentos e de espaços.

3.Que conselhos deixa aos jovens agricultores?

Porque o espaço que me foi disponibilizado já não é muito, aconselharia os jovens agricultores a lerem um extraordinário artigo publicado no jornal Público no dia 28 de dezembro de 2014, que foi escrito pelo saudoso Engº Armando Sevinate Pinto, alguns meses antes de nos deixar, intituladoInstalação de jovens agricultores é vital para o futuro do sector” (https://www.publico.pt/2014/12/28/economia/noticia/instalacao-de-jovens-agricultores-e-vital-para-o-futuro-do-sector-1680601). Neste artigo encontrarão não um, mas onze precisos conselhos.

A esta lista, acrescentaria apenas mais um: conheçam aquilo que de melhor se faz no mundo. Nem todos têm que ser inovadores. A maior parte do sucesso alcança-se ao fazer bem o que de melhor já se faz.

Usuários visualizando este tópico
Tópicos Semelhantes
3 perguntas a Francisco Gomes da Silva (Setor Agrícola)
por admin 30-05-2017 10:09:52(UTC)
Novo Tópico Publicar Resposta
Ir para o Fórum  
Você pode adicionar novos tópicos neste fórum.
Você pode responder a tópicos deste fórum.
Você pode excluir suas participações deste fórum.
Você pode editar suas participações neste fórum.
Você não pode criar enquetes neste fórum.
Você pode votar em enquetes neste fórum.